Voltar
Desafio

Vídeos sobre PCD para inspirar

Diferentes tipos de deficiência requerem distintas medidas para integrar a pessoa com deficiência na sociedade. Os desafios vivenciados por estes indivíduos são plurais e conhecê-los de forma significativa é o primeiro passo para incorporá-los na sociedade efetivamente.

Para inspirar você a transformar sua cidade, selecionamos vídeos sobre iniciativas e conhecimentos que inseriram, instruíram ou reabilitaram pessoas com deficiência na sociedade.

Confira:

 

  • Borboletas de Zargosk

Este documentário da BBC, feito em 1992, fala sobre uma escola russa que educava crianças surdas e cegas através dos estudos do psicólogo Lev Vigotski. Vigotski acreditava, a partir de suas concepções acadêmicas, que crianças deficientes tinham a capacidade de se tornarem adultos extremamente inteligentes.

Nesta escola, ambientada na União Soviética, os professores trabalhavam com as crianças os seus mecanismos compensatórios – os sentidos normais que são usados para substituir os sentidos perdidos. A aplicação do ensino desenvolvido por Vigotski resgatava surdos e cegos do isolamento social, fazendo com que o toque das mãos e a vibração da voz fossem importantes mecanismos de ensino.

Com remuneração diferenciada para professores e um maior número destes por aluno, a escola russa priorizava a educação especial ao invés de a deixar à margem da sociedade.

 

  • Fibra

O curta Fibra conta a história do Coepad – a Cooperativa Social de Pais, Amigos e Portadores de Deficiência. Fundada em 1999 na cidade de Florianópolis, a cooperativa emprega pessoas com deficiência intelectual. Nesta, são confeccionados produtos como blocos, caixas, cartões, envelopes, canudos de formatura, bolsas ecológicas e outros artefatos.

A cooperativa promove a convivência entre pessoas com deficiência intelectual, além de possibilitar com que estas sejam inseridas no mercado de trabalho de forma efetiva. 

"Só em Santa Catarina, temos 18 mil pessoas com deficiência nas APAEs. Quantos desses poderiam estar no mercado de trabalho?”

 

  • Inclusive Eu – Deficiência Física

A série Inclusive Eu, criada pela MultiRio, retrata diversos tipos de deficiências a partir da perspectiva de diferentes famílias. Neste episódio sobre deficiência física, são contadas três histórias reais de habitantes do Rio de Janeiro, que decorrem sobre temas em comum como: a falta de acessibilidade na cidade e a demora no diagnóstico do estado de saúde após o nascimento. Este episódio fala também sobre a inserção da pessoa com deficiência no sistema regular de ensino, além de advogar a respeito da importância em dar autonomia ao PCD no dia a dia. 

 

  • Deficiência visual e independência

Esta reportagem feita pela TVBrasil conta um pouco sobre o cotidiano de Siljia Korn, uma cidadã alemã que ficou cega aos 12 anos depois de um acidente de carro e que hoje atua como artista plástica. Nesta reportagem, Siljia discorre a respeito dos outros sentidos que passou a experimentar de forma mais aguçada depois de ter se tornado uma deficiente visual. Depois da entrevista com Siljia, especialistas da área discorrem a respeito da possibilidade de independência quando se trata da deficiência visual. 

Voltar