Voltar
Temas
Desafio

Artigo | Está no Blockchain: o novo sistema de identificação digital de Austin

Este artigo foi traduzido do site Data Smart City Solutions.

 

Muitos dos métodos que usamos para nos identificar nos Estados Unidos são frágeis. O maior exemplo disso é o Social Security Card (Cartão da Seguridade Social), que se trata de um pedaço de papelão pequeno que borra com facilidade e está enfiado em armários e gavetas de armários em todo o Estados Unidos.

Tecnicamente, a fragilidade é um recurso de design - de acordo com a SSA, torna a falsificação mais fácil de detectar - mas a escolha do design pressupõe que o suporte tenha um local seguro e fixo para mantê-la. Isso coloca muitas pessoas, particularmente pessoas em situação de rua, em um local complicado: o que você faz, por exemplo, se sua única bolsa é roubada ou se seu Cartão de Seguro Social fica molhado e desmorona?

A resposta é tão óbvia quanto frustrante: reaplicar, reaplicar, reaplicar. Para muitas pessoas que passam por situações de rua, este processo de perda e reaplicação de documentos importantes se torna um ciclo prejudicial, cada iteração eliminando sua paciência e confiança pelos próprios serviços que visam ajudá-los.

A cidade de Austin, no Texas, acredita que há uma maneira melhor. No ano passado, a Iniciativa MyPass (uma parceria entre a cidade de Austin, os Serviços Médicos de Emergência do Condado de Austin-Travis e a Escola de Medicina da Dell na Universidade do Texas) tem trabalhado para desenvolver um sistema de identificação com blockchain para pessoas em situação de rua.

A Iniciativa é financiada por um subsídio de US $ 100.000 do The Mayor's Challenge, uma competição patrocinada pela Bloomberg Philanthropies que concede bolsas a cidades inovadoras. O produto final planejado é uma plataforma que reúne cópias digitais dos registros e identificações de um indivíduo com um número de celular ou endereço de e-mail, tornando as cópias físicas redundantes.

De acordo com Anjum Khurshid, Diretor de Integração de Dados do Departamento de Saúde Populacional da Dell Med, a ideia veio de programas semelhantes implementados em campos de refugiados, como os Blocos de Construção do Programa Mundial de Alimentos na Jordânia. Esta medida é variante do blockchain de Ethereum. Khurshid ficou interessado nestas boas práticas porque os problemas que estas resolviam eram análogos a um dos maiores no mundo da infraestrutura de saúde da população: a fragmentação generalizada dos dados de saúde. Essa fragmentação é exacerbada no caso de indivíduos que usam os serviços de emergência com frequência e sem os documentos de identificação necessários para seu histórico de saúde ser compreendido - uma ocorrência comum entre a população em situação de rua.

A tecnologia Blockchain oferece uma solução relativamente simples e econômica para esse problema. Em vez de armazenar dados em vários bancos de dados gerenciados individualmente, todas as interações de uma pessoa com diferentes serviços podem ser registradas em um único ledger usando um blockchain, com um corpo validado de agências e indivíduos verificando cada interação.

Em última análise, o controle dos dados permaneceria com o indivíduo, que dividiria o acesso da maneira que considerarem adequada - por exemplo, permitindo que os escritórios que estão fornecendo empregos tenham acesso ao histórico de trabalho do candidato e assim por diante.

Ironicamente, blockchain também apresenta alguns dos maiores obstáculos para a implementação do MyPass. O conceito de blockchain é difícil de entender (em parte porque não há uma definição acordada) e está inextricavelmente ligado à reputação de criptocorrências como o bitcoin.

De acordo com Kerry O'Connor, Diretor de Inovação da cidade, os participantes de um projeto piloto atual estão entusiasmados com alternativas digitais às formas tradicionais de identificação, mas hesitam em usar o blockchain em si. No entanto, após alguns testes, membros da Iniciativa descobriram que uma metáfora simples envolvendo um cadeado e um bloco de notas era uma base suficiente para facilitar o entendimento da tecnologia e seus benefícios potenciais.

Outro desafio que permanece é semelhante ao apresentado por documentos físicos: o que você faz se esquecer sua senha ou se perder seu telefone?

Para responder a essa pergunta, o MyPass realizou uma semana de design de serviço, na qual os designers foram convidados a consultar os membros da população sem-teto, aparentemente com grande sucesso. "Eles começaram a resolver problemas que não acreditamos que poderiam ser resolvidos", disse O'Connor. Uma das soluções que surgiram foi um caminhão móvel para fornecer armazenamento e carregamento para telefones.

E no final do mês passado, a Cidade de Austin e a Escola de Medicina da Dell realizaram um final de semana com membros da comunidade de blockchain de Austin para enfrentar alguns dos desafios envolvidos no desenvolvimento da plataforma MyPass. O hackathon tinha quatro objetivos, um dos quais era demonstrar um produto mínimo viável que fosse capaz de fornecer uma experiência de usuário de baixo atrito, com ênfase especial em “baixo atrito”. Para esse fim, as equipes participantes testaram seus protótipos com membros da comunidade em situação de rua para a usabilidade. As equipes de primeiro e segundo lugar receberam elogios especiais por seus esforços para ouvir comentários e insights de usuários em potencial.

Todos esses esforços de teste de usuários compõem os alicerces de um sistema perfeito e sem costura, no qual as pessoas entram em clínicas e escritórios de trabalho sem qualquer preocupação com documentos de identificação perdidos.

O problema com as formas antigas de autenticação de identidade é que elas condicionam o acesso aos serviços pela capacidade de uma pessoa de acompanhar uma variedade de pedaços de papel que a identificam - uma tarefa incômoda até mesmo para quem tem casa.

Essa prática surge de boas intenções - preocupações práticas como a prevenção do roubo de identidade e a verificação de registros médicos - mas, no final das contas, a experiência vivida de pessoas que passam por situações de falta de moradia é um desfile interminável de barreiras e fechamento de portas. MyPass oferece um passo na direção certa.

Voltar