Voltar
Temas

Relatório BISC 2016

Resumo

Esta edição do BISC confirma os compromissos do setor privado com a atuação social. Apesar da conjuntura econômica desfavorável, os investimentos sociais corporativos mantiveram-se no patamar de R$ 2,6 bilhões. As informações ora divulgadas trazem ainda evidências importantes de que o grupo que responde o BISC está buscando aprimorar a sua atuação, de forma a adaptar-se às exigências do mundo atual.

Assim, a pesquisa buscou, em 2016, identificar as mudanças recentes na condução dos projetos sociais e confrontá-las com as tendências que foram captadas em edições anteriores. Entre os principais resultados, destacam-se os esforços empreendidos para introduzir inovações na governança dos investimentos sociais, nas metodologias de trabalho e na profissionalização das equipes que cuidam dessa área.

Todos esses esforços destinam-se a ampliar os impactos nas condições de vida das comunidades, aumentar a escala de atendimento e aproximar as empresas da sociedade, com reflexos já captados na pesquisa sobre a qualidade dos projetos desenvolvidos. O alinhamento dos investimentos sociais aos negócios segue em ritmo acelerado e é visto como uma estratégia essencial para alcançar os objetivos almejados.

Leia a cartilha na íntegra no arquivo abaixo:

Voltar