Voltar
Desafio

Boas Práticas | Rede Bem Cuidar | Pelotas

Um dos principais desafios das prefeituras brasileiras é a gestão municipal da saúde, pois esta deve ser capaz de responder ao aumento constante das demandas por atendimento básico e por especialização. Viabilizada por meio das transferências constitucionais e por recursos próprios, a gestão da política de saúde nos municípios representa lócus estratégico para a inovação de seus modelos. Pelotas contava, em 2016, com uma rede de 49 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a prefeitura vinha buscando a melhoria da qualidade da atenção à saúde da população.

Um dos primeiros passos, em 2013, foi aumentar as Equipes de Saúde da Família (ESF) de 34 para 66, ampliando a cobertura populacional para mais de 70%. O segundo, que levou à criação da frente de trabalho da Comunitas com o município de Pelotas, foi construir coletivamente um novo conceito de atendimento à saúde a partir de ações que valorizem não somente o saber técnico, mas que priorizem o cuidado nas relações humanas. Desta forma, resgata-se a confiança no atendimento público, que se torna um agente propulsor de mudanças em todos os níveis de atenção à saúde.

O desenvolvimento da Rede Bem Cuidar em Pelotas foi apoiado pela Comunitas, que viabilizou a colaboração técnica da Agência Tellus. O trabalho é voltado à inovação e à melhoria da qualidade dos serviços públicos. O projeto focou na construção de soluções a partir do processo de co-criação com cidadãos e servidores, buscando aumentar a qualidade dos serviços entregues aos usuários.

Definiram-se como objetivos do trabalho:

  • Promover a qualidade e inovação nos serviços públicos de saúde do município de Pelotas com o envolvimento dos gestores, funcionários públicos e sociedade civil, em oficinas de co-criação de ideias e soluções;
  • Tornar o atendimento ao usuário mais ágil e humanizado;
  • Ampliar os serviços de saúde oferecidos;
  • Capacitar e motivar equipes de saúde;
  • Promover maior entendimento dos usuários e proximidade ao cidadão. 

 

Desenvolvimento 

O conceito e a metodologia de design thinking permearam todo o projeto.

Tendo como parceiro técnico a Agência Tellus, esta frente de trabalho se desenvolveu em três fases:

1. Empatia – entendimento empático e exploração do contexto do cidadão e dos servidores;

2. Co-criação – construir “com” e não “para” a sociedade civil;

3. Experimentação – testar para aprender errando de forma rápida e barata.

Na fase inicial de diagnóstico e exploração há o momento em que se busca enxergar o desafio da forma mais ampla e holística possível, levantando informações sob diferentes óticas e aspectos.

O passo seguinte é sintetizar e organizar os achados de campo e insights para transformá-los em desafios, que serão levados para a fase de co-criação, na qual se gera o maior número de soluções possíveis.

Para conhecer melhor as dificuldades enfrentadas pela população, moradores, médicos, enfermeiros e agentes que trabalham na UBS se tornaram “pacientes” por um dia. Com o auxílio de um equipamento, eles simularam as limitações físicas de um idoso – com redução da visão, sobrepeso, dificuldade para locomoção e dores nas juntas –, pessoas com deficiência visual, gestantes e mães com crianças de colo. Com base nesses experimentos e em suas experiências como servidores e usuários, formularam propostas para adaptar e montar um sistema de atendimento capaz de assistir melhor ao público.

A comunidade também levou ideias que foram agrupadas e organizadas, formando um leque de novos serviços que inovaram o modelo de atendimento da UBS. Entre as melhorias estão a inclusão de fraldário e o aprimoramento do sistema informatizado, que agilizou o atendimento e, consequentemente, reduziu o tempo de espera.

Foram realizadas diversas reuniões com a equipe da Secretaria de Saúde com o objetivo de pactuar o plano de sustentabilidade da frente, de forma que as equipes envolvidas pudessem dar continuidade a todas as ações desenvolvidas. Em abril de 2016 foi criado o Núcleo de Ideias da Rede Bem Cuidar, liderado por sua gestora, que mensalmente se reúne com o objetivo de ampliar o acolhimento e preparar os servidores para novos desafios e oportunidades que possam surgir.

 

Parceiros 

• Comunitas

• Secretaria de Saúde de Pelotas

• Coordenadoria de Estratégia e Gestão de Pelotas

• Saútil

• Agência Tellus

Voltar