Voltar
Desafio

Ferramentas | Análise de Causa-raiz (ou 5 Porquês).

A análise de causa-raiz é uma ferramenta que consiste em identificar a causa raiz do problema. Sempre se inicia com uma hipótese inicial, a partir da qual é levantada uma sequência de “porquês”, até ser encontrada a causa raiz. É chamado também de 5 Porquês, uma vez que a pergunta costuma ser formulada cinco vezes para compreender o que aconteceu. Consequentemente, para cada resposta (motivo) devemos perguntar o respectivo “por que” e assim sucessivamente.

 

Para realizar o teste dos porquês é essencial:

• Assegurar que todos os afetados pelo problema estejam na sala durante a análise da causa-raiz. Quem quer que seja deixado fora da discussão pode ser o alvo da culpa.

• Ser tolerante em relação a todos os erros na primeira vez, com atenção aos erros que sejam cometidos duas vezes. Os funcionários não devem ser coagidos com punições severas ao descobrirem um erro para que possam seguir relatando os problemas.

• Começar com problemas pequenos. Ao começar com algo grande e importante a pressão é maior e pode não ser efetivo o teste dos porquês.

Essa ferramenta é utilizada na etapa de análise das causas do ciclo PDCA de melhoria e pode ser usada como ferramenta complementar ao Diagrama de Ishikawa. Para começar é necessário caracterizar corretamente o problema (com a elaboração do o que, onde quando, com quem, qual a tendência e como do fenômeno a ser analisado). Deve-se a partir disso levantar e considerar todas as hipóteses e verificar todas elas. Caso verdadeira, prossiga a analise, caso falsa, interrompa a análise daquela hipótese.

 

Os pontos fortes da Análise Causa-Raiz são:

  • Identifica claramente as relações entre as possíveis causas imediatas com a causa básica;
  • Sua utilização é extremamente simples, não requer uso de ferramentas estatísticas;
  • Tem baixo custo de implementação;
  • Permite o envolvimento de diversos níveis funcionais; a partir do envolvimento no problema e na busca de soluções, cria-se o comprometimento com a solução. Na frente de Aprimoramento de Compras Governamentais, além de uma metodologia bem estruturada e do envolvimento constante das pessoas, o uso de tecnologia é necessário para uma implementação efetiva. A utilização de sistemas tecnológicos melhora o controle de acompanhamento, reduz o trânsito de documentos “físicos”e reduz eventuais falhas de um eventual controle descentralizado em vários departamentos ou o controle manual de documentos.

 

Voltar