Voltar
Desafio

Meio Ambiente e Biodiversidade

saneamento

 

As áreas do meio ambiente e da biodiversidade são constantemente trabalhadas, e isso ocorre pela necessidade de orientar as cidades sobre a relação entre sociedade e natureza no ambiente urbano.

Este diálogo promove uma maior reflexão sobre como a população pode fazer um uso consciente de seus recursos naturais e da biodiversidade, assim como a forma que esta se dispõe a atingir maiores níveis de sustentabilidade.

Ao discutir o futuro das cidades, é imprescindível falar sobre o meio ambiente e a biodiversidade. Entende-se hoje que uma gestão ambiental benéfica deve ser feita através da sintonia entre as ações da sociedade civil e Estado, promovendo sempre o desenvolvimento sustentável das cidades.

Quando se fala de sustentabilidade, Curitiba hoje detém índices que podem ser aperfeiçoados para uma melhor preservação ambiental:

 

 

O Programa Curitiba 2035 aspira tornar a cidade e sua região metropolitana uma referência em conservação e inovação no meio ambiente. No entanto, algumas barreiras identificadas na situação atual da cidade podem ser impeditivas para estes objetivos. São consideradas barreiras para o meio ambiente e a biodiversidade:

  • Poluição dos rios urbanos;
  • Infraestrutura deficitária de saneamento ambiental;
  • Gestão ambiental fragmentada na Região Metropolitana de Curitiba (RMC);
  • Diminuição de áreas verdes na Região Metropolitana de Curitiba;
  • Pouca efetividade na gestão de resíduos;
  • Baixa integração intersetorial;
  • Limitação sobre o conhecimento e monitoramento da biodiversidade urbana;
  • Déficit na fiscalização ambiental;
  • Fragmentação das políticas educativas;
  • Ampliação das fontes de poluição atmosférica;
  • Escassez de indicadores ambientais;
  • Baixo investimento em tecnologia e inovação.

Além das barreiras identificados, foram vistos como fatores críticos que impactam significativamente o sucesso do projeto a educação, a governança, políticas públicas e recursos alocados. Para contornar possíveis dificuldades e Curitiba uma cidade referência em sustentabilidade, diversas ações foram propostas a curto, médio e longo prazo.

 

Educação

A educação aparece em diversas temáticas do Curitiba 2035 e também é um dos eixos protagonistas na questão ambiental. É de exímia importância que a população local compreenda como tomar decisões adequadas sobre questões ambientais, assim como saiba como conservar e preservar os recursos naturais existentes.

 

Governança

A governança é vista como um fator crítico e engloba, de forma compartilhada, a administração pública e a sociedade civil. Ela permite com que exista planejamento, execução, monitoramento e avaliação de políticas públicas voltadas para este eixo temático em específico.

 

Políticas

As políticas condizem com as medidas e procedimentos que circulam o tema do meio ambiente e da diversidade. Estas medidas e procedimentos são de cunho regulatório e auxiliam no desenvolvimento dos objetivos traçados pelo Curitiba 2035.

 

Recursos

Os recursos são os bens e serviços necessários para que os objetivos voltados para o meio ambiente e a biodiversidade sejam alcançados. Podem ser físicos, materiais, financeiros, humanos, mercadológicos ou administrativos.

Voltar