Voltar
Desafio

Conceitos | Áreas de Conhecimento de um Projeto

Um gerente de projeto necessita se envolver com diversos assuntos e pessoas paralelamente para conseguir executar o projeto de acordo com o especificado, como o cronograma, escopo e equipe.Cada um desses assuntos é chamado de área de conhecimento, que se refere a um aspecto a ser considerado dentro da gerência de projetos.

Nas melhores práticas de gerenciamento, o projeto é organizado e dividido em áreas de conhecimento, sendo que cada área é composta por um conjunto de processos. Uma área de conhecimento é definida por seus requisitos de conhecimentos e descrita em termos dos processos que a compõem, suas práticas, entradas, saídas, ferramentas e técnicas. Na 5ª edição do guia PMBOK, são nove as áreas de conhecimento:

  • Gerenciamento da Integração: é a área de conhecimento que sinaliza os processos que integram elementos do gerenciamento de projetos, que são identificados, definidos, combinados, unificados e coordenados dentro dos grupos de processos de gerenciamento de projetos. A área de Integração é composta por seis processos.
  • Gerenciamento de Escopo: é a área que descreve os processos envolvidos na verificação de que o projeto especifica todo o trabalho necessário e apenas ele para que seja concluído com sucesso. A área de Escopo é composta por sete processos.
  • Gerenciamento de Tempo:  é a área que apresenta todos os processos relativos ao término do projeto no prazo determinado. A área de tempo é composta por cinco processos.
  • Gerenciamento de Custos: é a área que descreve os processos envolvidos em planejamento, estimativa, orçamentação e controle de custos, de modo que o projeto termine dentro do orçamento aprovado. A área de custos é composta por quatro processos.
  • Gerenciamento da Qualidade: é a área apresenta os processos envolvidos na garantia de que o projeto irá satisfazer os objetivos para os quais foi realizado. A área de qualidade é composta por três processos.
  • Gerenciamento de Recursos Humanos: é a área que descreve os processos que organizam e gerenciam a equipe do projeto. A área de recursos humanos é composta por quatro processos.
  • Gerenciamento das Comunicações: é a área que indica os processos relativos à geração, coleta, disseminação, armazenamento e destinação final das informações do projeto de forma oportuna e adequada. A área de comunicações é composta por três processos.
  • Gerenciamento de Riscos: é a área que apresenta os processos relativos à identificação, análise, respostas, monitoramento e controle, e o gerenciamento de riscos em um projeto. A área de riscos é composta por seis processos.
  • Gerenciamento das Aquisições: é a área que descreve os processos que compram ou adquirem produtos, serviços ou resultados, além dos processos de gerenciamento de contratos. A área de aquisições é composta por quatro processos.
  • Gerenciamento de Stakeholders (Partes Interessadas): é a área que define as estratégias para aumentar o apoio, reduzir as resistências e minimizar os impactos negativos das partes interessadas durante todo o ciclo de vida do projeto. A área de partes interessadas é composta por 4 processos.

Ao todo, considerando todas as áreas de conhecimento, são 47 processos diferentes. Na figura seguinte os processos são indicados e divididos de acordo com a sua área.

áreas de conhecimento de um projeto

Figura: Todas as áreas de conhecimento e seus processos.

 

Os mesmos processos que estão organizados entre os grupos de processos também estão subdivididos entre as áreas de conhecimento.

No quadro abaixo há uma matriz que indica o relacionamento dos processos entre os grupos e as áreas que fazem parte.

relação entre grupos de processo e áreas do conhecimento

Figura: Relacionamento entre os Grupos de Processo e Áreas do Conhecimento.

 

As áreas de conhecimento Escopo, Tempo, Custo e Qualidade são os principais determinantes para o objetivo de um projeto, pois são elas que indicam se o projeto foi entregue de acordo com o que foi definido (escopo), dentro do prazo (tempo), de acordo com o orçamento (custos) e com qualidade. Já as áreas de conhecimento de Recursos Humanos e Aquisições são os insumos para executar as ações previstas no projeto. As áreas de conhecimento de Comunicações, Partes Interessadas e Riscos devem ser continuamente abordadas para manter as expectativas e as incertezas sob controle, assim como o projeto no rumo certo.

Voltar